sexta-feira, 24 de março de 2017

Retrocesso

Esbarrei nos meus sonhos e tropecei no amor. O caminho para a verdadeira felicidade parece ser cheio de pedras que eu ingenuamente as vezes pareço não conseguir enxergar.
São tantos os tombos que acabo me perguntando: até quando vou conseguir me levantar? Até quando vou fingir que a ferida foi fechada quando ainda me sinto tão exposta e vulnerável a isso tudo? Será que é preciso sofrer para sentir que se está vivendo? Ou será que simplesmente é preciso viver para que se sofra tanto?
Sinto que o mundo não parou enquanto eu permaneci parada imóvel tentando engolir os acontecimentos e aceitar as mudanças que a vida me impos. Me arrancou coisas e pessoas nas quais nunca imaginei que um dia tivesse que perder, me colocou contra a parede diversas vezes e me disse "vê se supera tudo isso". E parece que o fato de não ter sido superado é porque eu não amadureci o tanto que deveria enquanto mudei. Ao invés de mudar para melhor, eu regredi, acabei me prendendo a sentimentos de dor e de amores irreais tornando tudo isso um falso conto de fadas que eu mesma criei.
Adqueri uma terrível doença chamada "não sei viver sem ele" que parece ser incurável, mas que volta e meia consigo controlar e pensar que está tudo bem, mas não, não está!  Está uma enorme bagunça dentro de mim.


sábado, 22 de outubro de 2016

Ei, garoto





Ei garoto, você ainda se lembra de mim? De como nos conhecemos ou do triste fim que eu tive? Não costumo falar muito sobre isso porque ainda me dói pensar nas coisas que vivemos, mas acima de tudo, me dói pensar que tivemos um fim e esse fim não foi nenhum final feliz como acreditei que seria.
Há tantas coisas nas quais eu gostaria de te dizer, mas sei que se o encontrasse novamente, eu perderia a fala. Alguns dias atrás, encontrei um menino no ônibus que faltava pouco para ser o seu clone e me arrepiei, quase chorei pensando na possibilidade de que ao invés daquele estranho pudesse ser você ali parado bem ao meu lado. Meus olhos encheram-se de lágrimas e uma sensação estranha e angustiante invadiu o meu coração porque no fundo, ele (meu coração) sempre foi seu.
Perdi o ar, as pernas ficaram bambas e eu lutei para não imaginar que pudesse ser você porque eu realmente queria que fosse. Por que eu queria poder te abraçar, te tocar novamente, sentir os seus lábios e ouvir a ternura da sua voz falando coisas que eu nunca dei muita bola pelo fato de sermos sempre tão diferentes um do outro. Será que essas diferenças que o fizeram nunca retribuir o meu amor doentio? Ou será que o meu excesso de zelo e de amor nunca te bastaram?
Você não tem ideia do que eu daria para ter mais um momento ao seu lado ou do quanto apesar de tanto tempo, ás vezes me pego pensando que talvez um dia você mude de ideia e venha para os meus braços onde o amor nunca irá te faltar. Ou quem sabe talvez alguns minutos de conversa? Somente para que pudesse ver a mulher na qual me tornei, na qual em partes você me tornou. Eu sobrevivi a essa guerra interna que esse amor causou. Como prova disso trouxe comigo cicatrizes e alguns arranhões, mas eu sobrevivi e gostaria que você pudesse ver isso. Você não me destruiu apesar de por um tempo ter me transformado na vilã da nossa história e me feito acreditar que eu não tinha nenhum valor.
Eu tenho esperanças de que um dia a gente ainda vá se encontrar novamente. E mesmo que tenha me machucado tanto eu te perdoo porque apesar dos piores momentos, você também me deu os melhores de toda a minha vida. Você me deu a oportunidade de amar como nunca havia amado antes. Você foi o meu raio de sol, o meu doce, terno e intenso amor adolescente e eu jamais conseguirei esquecê-lo por mais que eu tentasse. Rezo para que você seja sempre feliz e amado por mais que não esteja comigo porque tudo o que eu mais quero é a sua felicidade. E te peço do fundo do coração que perdoe as minhas falhas, os meus erros e o fato de ter entrado na sua vida e a ter revirado de cabeça para baixo. Peço desculpas por ter errado tanto, por ter tido tantos ataques de histeria e depressão e o ter te culpado por todos os meus problemas quando na verdade você foi a solução. E você sabe que por mais que tenha me feito sofrer como nunca imaginei que pudesse, você foi a minha salvação. Mas saiba que eu cresci, que eu sobrevivi quando você resolveu seguir sem mim e isso me tornou mais forte. Hoje eu tento encontrar algum outro sentido para a vida que não seja te amar, mas ainda assim eu preferia poder passar por tudo isso, por todas as minhas buscas, conquistas, sofrimentos e decepções ao seu lado. Não sei mais o que você pensa de mim e a verdade é que eu nunca soube, mas tudo o que eu sei é que mesmo não tendo um final feliz ao seu lado, eu não mudaria uma virgula da nossa história porque foi ela que me fez chegar até aqui. Acredite meu amor, tudo tem um propósito. Com amor, de alguém que te amou mais do que tudo um dia, mas que hoje ama o mundo, a vida e a si própria.
- Bianca C. Martin


quarta-feira, 22 de junho de 2016

Te ensinando o que é amor

Uma vez você me perguntou cheia de deboche se eu o amava. Como se uma garota como eu não pudesse ou  não  fosse capaz de amar alguém como ele.  E o que te machuca mais é o fato de que existe alguém que sabe amá-lo como você jamais amou e como você nunca vai ser capaz de amar.
Egoísmo te define enquanto eu, sabendo que ele é feliz me basta. Você nunca irá entender o significado de uma palavra tão pequena, que contém algo tão grande. Enquanto eu transpiro e respiro esse sentimento chamado amor, no qual você nunca será capaz de saber realmente como é.

Saiba que eu não desisti de amá-lo e que mesmo longe, o amo com todo o meu coração. Mas só sei que se a felicidade dele é você,  espero que ele seja feliz porque o amo demais para deixar que ele sofra por um egoísmo que não possuo.

Saiba que sempre o amarei muito mais do que você jamais amou e demonstro isso todos os dias quando procuro outros meios de ser feliz sem interferir na felicidade e na vida que ele leva. Saiba que não estou longe por falta de amor e sim por amar o bastante para não desejar de maneira alguma que ele sofra por minha causa.

Eu sempre o amarei e sempre farei parte das lembranças e da vida que um dia ele teve mesmo que você não suporte isso. Espero que tenha percebido o quanto o meu amor é real e como eu dou amostras disso todos os dias desde o meu abrir de olhos até o fechar. Enquanto o seu sentimento, é fruto da sua falta de amor próprio e da sua obsessão em querer alguém que preencha o buraco que você é incapaz de preencher sozinha.



No meio da noite

Acordei no meio da noite com você interrompendo os meus sonhos e se tornando o dono dos meus pensamentos. Meus lábios desejaram os seus naquele instante enquanto o meu coração só queria encontrar uma forma de se encaixar dentro do seu.
A saudade aperta, mas você não está aqui. Eu pego o celular desejando que tenha alguma mensagem sua dizendo que ainda não me esqueceu. Viro para o lado e as lágrimas escorrem dos meus olhos e eu busco algum consolo nas lembranças dos nossos últimos beijos, do amor que um dia me prometeu,  mas nunca me deu.
Respiro fundo enquanto afasto as lágrimas das minhas mãos e me recupero daquele pequeno feixe de lembranças de quando ainda era meu. Saiba que não importa onde você estiver ou com quem estiver porque o meu coração sempre será inteiramente seu.


Lembranças

Nem sempre a vida se resume em fazermos o que queremos ou o que desejamos. Às vezes temos simplesmente que fazer o que é certo mesmo que o preço seja caro demais. Mesmo que isso custe a nossa felicidade, o nosso happy ending.
Já quis muitas vezes abandonar meus ideais para viver algo no qual sempre acreditei ser o propulsor da minha felicidade mesmo que isso me levasse a minha própria ruína, mas no final percebi que sem os meus princípios e ideais, eu não seria quem eu sou.
Por mais que doa temos que nos desapegar de coisas, sentimentos e de ideologias que não são corretas se quisermos trabalhar para o bem comum, para a felicidade coletiva e às vezes, isso se resume em pequenos detalhes como abandonar algo que nunca foi seu.
Desapegue-se de sentimentos que não deveriam existir por mais que doa (acredite, eu sei o quanto dói), desapegue-se do que lhe faz mal, do que o desvia do caminho do bem. Esteja sempre de coração cheio, mas de alma leve. Não se deixe levar por um caminho cheio de espinhos quando você pode escolher caminhar por um caminho cheio de Rosas. Porque escolher o caminho que o faz sofrer se você pode ser feliz? Porque dificultar coisas que poderiam ser mais simples se você pode evitar?
Isso tudo só gera dor e a dor vai te corroendo por dentro até que não sobre mais nada. Até que você se perde em si próprio e não se lembra mais em que momento da sua vida você deixou de ser quem você é. Seus ideais, seus sonhos e seu amor próprio são deixados de lado. Foram todos levados por um sentimento estúpido no qual você jamais conseguirá se livrar completamente. Viverá com fantasmas de um passado, de alguém no qual você nunca esqueceu quando poderia ter evitado todo esse desconforto mental, todas essas lembranças de alguém que certamente já te esqueceu.



sábado, 14 de maio de 2016

Labirinto


Você era o meu sonho adolescente,  mas agora se tornou o meu maior pesadelo. Eu simplesmente não posso mais continuar ligada à você pelo resto da minha vida. Chega um ponto da nossa vida em que é preciso dizer adeus por mais que isso possa doer, por mais que machuque e por mais que isso rasgue o nosso coração.

Já perdi as contas de quantas vezes eu tentei fazer com que esse adeus fosse o último. De quantas vezes achei que realmente fosse o fim e de quantas vezes eu dei um fim com ponto final,  mas depois troquei por uma vírgula.

Cansei de sentir algo por alguém que não se importa se quer em saber se estou viva ou se estou morta. Se eu durmo ou se acordo. Se eu choro ou se sorrio. Se eu amo ou se eu odeio.

Sei que parece que tem horas que eu não irei conseguir esquecer,  mas eu preciso aprender o que eu nunca consegui até hoje... Preciso aprender a dizer adeus a quem me faz mal e me cercar de pessoas e coisas que me fazem bem.  E esse amor,  não é uma delas.

Esse amor é uma droga... Me vicia,  me sufoca e me deixa sem saber o que fazer para conseguir obter as migalhas de um amor que nunca foi meu. Faz tempo que eu cansei,  mas o meu coração é tolo e não se cansa de tanto sofrer. Ele já foi pisoteado, esquartejado e remendado diversas vezes, mas no fim,  ele permanece ali, intacto e pedindo cada vez mais por você.

Já perdi as contas de quantas vezes tentei seguir por outros caminhos e entrei em atalhos. Mudei as minhas rotas tentando me desviar de você. Mas no fim, esse amor é um labirinto que sempre me trás de volta a você.

Eu odeio te amar,  mas odeio mais o fato de que eu nunca consegui te esquecer.




terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Amei, passado.





Talvez você não tenha percebido, mas aquela foi a minha forma sutil de te dizer que acabou e de encerrar aquele capítulo que parecia ser maior do que o livro todo. Eu sei que você não acredita em mim, mas dessa vez é pra valer e eu sei que acabou. Por mais que o amor tenha me consumido como chama em brasa, dessa vez ele se apagou e virou fumaça.
Você brincou com os meus sentimentos mais do que qualquer um, mas saiba que eu já perdoei você mesmo que eu nunca vá esquecer tudo aquilo o que você me fez passar. Não vou mais ficar remoendo você ou suas lembranças, eu só quero me libertar de tudo o que um dia você significou para mim. E graças a tudo isso eu abri os meus olhos e descobri que a vida é mais do que encontrar a tampa da panela. Eu quero me redescobrir e encontrar outros meios de ser feliz e quero viver tudo isso sem me lembrar de você.

Por mais difícil e complicado que essa trama tenha sido, ela chegou ao fim e no fim, me liberto de você e me desfaço das lembranças do cara que um dia eu nem sei mais por qual motivo, amei.